Logo Cottet Consultoria

E-mail Marketing como ferramenta de Marketing Digital e suas regras de boas práticas

Atualizado: Mar 25



Você utiliza o e-mail marketing para divulgar o seu negócio ou se relacionar com seus clientes?


Saiba que, além de ser uma ótima ferramenta de vendas, quando bem utilizado, o e-mail marketing, é acima de tudo, um excelente meio de comunicação e relacionamento, mas como toda ferramenta de marketing, precisa ser bem utilizada, seguindo as regras de “boas práticas”, determinadas pela ABEMD – Associação Brasileira de Marketing Direto.


As boas práticas são uma série de recomendações ou orientações que conduzem a uma utilização ética, pertinente e responsável, tendo como fundamento o respeito aos destinatários das ações e ao uso adequado da internet.


O objetivo das boas práticas é contribuir para as empresas alcançarem os resultados desejados e construírem um relacionamento sólido e de confiança mútua com seus clientes e prospects.


Veja a seguir as recomendações de boas práticas da ABEMD:


1 - Ética: Atuar dentro do Código de Ética da ABEMD, que conceitua detalhadamente as boas práticas no Marketing Direto.


2 - Autorregulamentação de E-mail Marketing: Atuar dentro do Código de Autorregulamentação para Prática de E-mail Marketing.


3 - Opt in: Trata-se da permissão prévia dada pelo receptor, antes do envio do primeiro e-mail marketing. O opt-in é importantíssimo antes da realização de quaisquer ações de marketing direto. É permitido o envio de e-mails também, nos casos onde existir uma prévia e comprovável relação comercial ou social entre o remetente e o destinatário.


4 - Opt out: É o direito que o destinatário tem de não querer mais receber mensagens do remetente. Deve ser uma opção incluída em todos os e-mails marketing, onde o destinatário poderá, facilmente, realizar o opt out.


5 - Objetivo da solicitação e uso do e-mail: Se for o caso, ao se cadastrar, o cliente ou prospect deve ser informado que o e-mail cadastrado poderá ser utilizado para o envio de mensagens comerciais e ele deve concordar com isso.


6 - Tamanho dos arquivos: É ideal limitar o tamanho dos arquivos enviados, no corpo das mensagens ou nos anexos. Sugere-se mensagens em formato txt ou html com tamanho máximo de 12 KB. As figuras não devem ser anexadas a mensagem, mas sim armazenadas em servidor próprio.


7 - Não utilizar arquivos Auto-executáveis: Ou arquivos que os programas gerenciadores de e-mail conseguem ler e interpretar, iniciando automaticamente algum processo que não é necessariamente desejado pelo receptor com auto-funcionamento.


8 - Relevância: Se a mensagem for relevante ao receptor, ele não irá se incomodar em recebê-la, portanto, certifique-se de que o e-mail está tendo boa aceitação.


9 - Frequência: Ofereça ao prospect opções de preferência de frequência do recebimento dos e-mails informativos ou comunique-o sobre a frequência pré-estabelecida.


10 - Política de relacionamento: É muito importante ter uma política de relacionamento estabelecida, que seja de conhecimento do consumidor e seja aceita por ele.


Seguindo essas 10 recomendações de boas práticas estabelecidas pela ABEMD e tendo uma boa estratégia para utilização do e-mail marketing, você deverá ter bons resultados!


Por fim, lembre-se: se for utilizar um mailing que não é seu, as mesmas recomendações devem ser seguidas, portanto, certifique-se, antes de realizar qualquer ação de e-mail marketing com mailing externo ou com parceiros, de que o detentor do mailing também siga as boas práticas estabelecidas pela ABEMD e bons negócios!


#cottetconsultoria #boaspraticasabemd #boaspraticasdeemailmarketing #regrasparausodoemailmarketing #emailmarketing #emaildevendas #emala #emailderelacionamento #dicasdemails #abemd #ferramentasdemarketingdigital #marketingdigital #digitalmarketing #marketingonline

ATENDIMENTO

Segunda a Sexta 

Das 8h às 19h

CNPJ: 30.228.642/0001-03

CONTATO

REDES SOCIAIS

  • Facebook Cottet Consultoria
  • Instagram Cottet Consultori
  • LinkedIn Cottet Consultoria
APAGE.png